sábado, 19 de dezembro de 2009

A PEQUENA TORRE DO MEU GIGANTESCO CASTELO


Ver seu rosto transforma o meu dia. A brisa que sinto todas as manhãs, transforma-se em ventania quando olho pra você. Meu coração que no compasso certeiro das batidas escreve sua lida, desconcerta-se diante da sua imagem, acelera como um louco procurando as cores e os sabores para te conquistar.

Imaginar você é uma maneira de trazê-la para perto de mim. Imaginar você é ter a certeza de que a nossa realidade é muito mais perfeita que a nossa imaginação. Vejo você nos sonhos, mas não toco sua pele, não sinto o seu rosto. Quando estou ao seu lado, toco seu corpo, e vivo num constante sonho. Por isso, com você, minha realidade é mais completa do que as minhas fantasias.

Sentir seu gosto enche minha vida e preenche minha boca. Deve ser por isso que quando estou contigo minhas palavras somem. Não sou quieto, sou tagarela, mas mesmo esse ser falante se dobra diante do não saber expressar através de frases quão maravilhoso é estar ao seu lado.

Seus lábios são a energia que preciso para desvendar os mistérios do seu sentimento. Seus olhos são as janelas nas quais me deleito, debruçado a noite e vendo o céu. No céu estrelas brilham intensamente. Há anos luz que milhares de pontos celebram seu calor. Não sei quando começaram nem quando se apagarão, por isso digo que são eternas.

Quando se sentir sozinha, olhe para a imensidão do universo. Busque um ponto no qual fixar o olhar, e saiba, que onde eu estiver, sentirei seu apelo de carinho. Virei correndo ao seu pensamento e entrarei no seu coração. Agradeço aos meus pés que um dia mudaram a direção da minha vida e me trouxeram até você. Sempre estarei aqui para que você possa encostar a sua cabeça e expressar as dúvidas inquietas da sua alma. Quando eu estiver contigo, mesmo que em pensamento e em regra de saudade, sentirá uma mão quente fazendo pulsar seu peito. Essa mão será sua mão protetora sempre que precisar. E ela sempre estará para você.

Em cada estrela busque um beijo meu, e em cada beijo encontre um pouco do meu amor. Não tente encontrá-lo por completo, pois nem eu ainda o achei. Todos os dias encontro um pedaço dele, que se junta com outros pedaços e não me deixa ver o seu fim. Ele não tem fim. Ele não cabe em apenas três dimensões.

No mar milhares de gotas preenchem aquilo que um dia foi um imenso vazio. Em cada gota um pingo de suor, em cada pingo de suor um pouco de mim, em cada pouco de mim, um pouco de você, em cada pouco de você um pouco de nós. Sabemos o que queremos e sabemos como pedir.

Você é o espelho que resplandece minha face. Você é o eco das minhas palavras de amor. Eu sou o espelho que resplandece sua face. Eu sou o eco das suas palavras de amor. Agora não me pergunte quem é o original de quem. Me perdi em você quando encontrei você perdida em mim. Nunca tive esse rosto. Meu rosto era frio. Você foi o calor que varreu para longe o inverno da minha face. Nunca tive essa esperança. Mas nos sulcos das minhas lembranças, você encontrou uma fonte que fez a água verter das rochas.

Quando penso em você, um turbilhão de lembranças visita minha cabeça. Quando penso em você me sinto forte e invencível. Poderia dizer que fico pronto para enfrentar o mundo. Tento nessas horas apenas superar a imensa saudade que arrasa meu coração, mas que me presenteia com a sua chegada também. São as doces lembranças que tenho de você.

Fico me recordando dos momentos em que o nosso amor, o nosso carinho, a nossa paixão, o nosso fogo ardente e permanente se conjuga em uma só pessoa: Nós. Posso conhecer teorias, posso ser inteligente, posso ter informação, mas quando minha alma tocou a sua alma, eu era apenas uma alma humana buscando a sensação divina do amor. Você é a parte que faltava para completar meu ser inteiro. Você é aquela que me falta quando estou longe, e penso logo numa forma de voltar ligeiro. Você é o anjo que ao me tocar, provoca em mim as sensações que só os demônios provocariam. Quero arder com você nos lençóis celestiais.

É através desse sentimento, a saudade, que encontro os meios para sobreviver quando estou distante de você. Ela é o alimento para esse sentimento que chamamos de amor, mas que nos surpreende todos os dias com sua falta de definição.

A longa distância por vezes estabalecida, serve para unir os nossos corações, e eu volto a exaltar a saudade, que serve nessas horas como certeza de que ficaremos para sempre juntos. Não sei se a vida será curta ou longa para nós, mas descobri que ela somente terá sentido seu eu puder senti-la junto com você.

7 comentários:

Tainara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tainara disse...

"Me perdi em você quando encontrei você perdida em mim." Todas as partes estão maravilhosas, difícil encontrar uma só frase, por mim.. citaria todo o texto e mudaria o autor EU kdasopdkaspdokas

Thais disse...

AAAAAAH que lindo !!

Alana disse...

queria ter alguém para poder fazer esses poemas e faze-los tão lindo quanto os teus! haha isso que você demonstra em cada verso é realmente liindo, viajei bonito.. haeiuahuieae.

MaHh :D VoiGt disse...

Nossa, sem noção, fiquei arrepiada depois de ter lido o poema mais lindo q ja li em toda a minha vida, sinceramente é MARAVILHOSO...ultimamente ando meio contra coisinhas e "poeminhas" de amor, com certas decepções que andei passando, mas quando leio algo q me toca de verdade, vejo que ainda posso ter esperanças... haha lindo demais! beijos, Mariana Voigt

Isabel disse...

Não era você quem dizia que eu nunca havia deixado um comentário no seu blog sobre os seus textos, sua poesia?? Agora não tem mais motivo... Aqui está... E não havia de ser outro o texto, senão este... tu bem sabes o por quê... e é preciso que apenas você saiba, mais ninguém... Simplesmente terno e encantador... Quem sabe um dia você possa construir um castelo só para mim... Bj. Bel.

Ana Luiza disse...

Meu Deus! Quanta coisa linda escrito junto! Parabéns! Parabéns mesmo, muito lindo os textos que você escreve! Um dia hei de chegar a esse ponto!
huahuahua
bjs!

se tiver um tempinho, passe por lá, diga o que acha também!
http://analuizaazevedo.blogspot.com/
Obrigada!