sábado, 20 de setembro de 2008

PAI

Não diga que não te amei,
Só porque não chorei na tua despedida.
O silêncio foi uma maneira de expressar a dor,
E os olhos secos contrastavam com alma que pranteava sem parar.

As lástimas se deram pelo que não foi,
A dor da perda por algo que não aconteceu.
As tentativas além de frustradas foram destruídas,
Pela vontade de te entregares a solidão.

Não diga que não te amei,
Quando com rispidez abordava teu comportamento,
Foi uma maneira que meu corpo encontrou para aceitar,
Que às vezes o protegido deve proteger na tentativa de ensinar.

Amei-te a cada instante inesperado, quando sozinho aguardava o teu chegar.
Amei-te como um herói rebelado quando ouvia os passos de teu caminhar.
Amei-te pelo que conhecia de ti, e pelo que ouvia sobre ti.
Deleitava-me ao perceber que meu herói florescia na manhã e estava por aparecer.

Agora quando acordo, ancorado em esperanças de um futuro bom,
Percebo que não me verás sendo aquele que planejamos ser.
Sinto que ao partires deixaste aqui um ser em desalento,
E marcas para sempre os sonhos e a vida de teu rebento.

Recordo-me nessa hora, da noite em que te ouvi,
Nos conselhos brandos e intensos de alguém que busca ser útil por aqui,
Mas de que adiantava meus ouvidos servirem como amparo de tua voz,
Se tu não fazias o mesmo quando eu contigo estava a sós?

Volto ainda mais no tempo, quando as telhas deram o nosso sentar,
E me aconselhastes de maneira dura, mas repleta de amor ímpar,
Ali percebi que era crua a vida de sonhos meus,
E as ilusões poderiam levar ao inferno, mas não contemplariam os céus.

Não diga que não te amo quando procuro te esquecer,
São apenas retratos de uma natureza assintomática que hesita em emudecer.
E tenta buscar na sombra da tua história uma memória para registrar,
As gargalhadas e as piadas que não poderemos mais compartilhar.

3 comentários:

. paati disse...

chee
que lindo ;~~
parabens pelo blog, muito bom!

beijos

JANA disse...

Oiiii Che...


meeeedianeraaa que nem diz vc... muito lindooo...


bjooo

Oleni disse...

Lindo e triste,mas com certeza seus filhos nunca irão precisar falar dos sentimentos em relação a voce através de versos ou poesias, poderão dizer pessoalmente pois vc estará presente na vida deles.