terça-feira, 11 de agosto de 2009

TREMENDO TURBILHÃO


Tinha tudo traçado em tarefas,
Trazido todas as toalhas tecidas
Transformado a tina em tanque trajado
Tampouco tirei todo trajeto tocado.

Tanto tempo tardio,
Trepidando truculento
Tomando tento e
Tecendo túnicas tingidas em
Tonéis tintos.

Torrentes tempestuosas,
Trazem tudo triturado,
Tocam o tambor temperado nas
Tardes tórridas e
Temidas das touradas.

Também tentei tirar tudo que
Trazia trancado, tortura!
Tardia trazia, a textura da tontura
Trancada tentativa, e a
Tentação tentou, tentou e também tocou a ti.


3 comentários:

Oleni disse...

E que turbilhão!!!!!!!!!!!!!

Tainara disse...

Que Tesão..Adoooro Aliteração!

Bruninha disse...

Adorei o ritmo!!
Você é incrivel!(pitada de inveja..rs)

beijos